Parto de emergência durante uma viagem de ônibus: você sabe o quê fazer?

Parto de emergência durante uma viagem de ônibus: você sabe o quê fazer?Dizem que o parto é um dos processos mais naturais do mundo e, como tal, pode ocorrer a qualquer momento. Apesar dos avanços na medicina, experiência adquirida na área e no planejamento, a natureza é sábia e as crianças nascem quando querem. Os casos de mulheres que dão à luz e não conseguem chegar ao hospital não são apenas coisa do cinema. Pergunte à mulher que deu à luz, em 29 de julho de 2017, em um ônibus da ALSA em Marraquexe.

Sabendo que isso pode acontecer mesmo a qualquer momento (incluindo uma viagem de ônibus), nada melhor do que estar preparado e saber o que fazer no caso de você ter que ajudar em um parto de emergência.

<< Como auxiliar um parto de emergência >>

Se você já viveu esse tipo de situação, o principal e mais importante é não perder a calma. Pense que você não é a primeira e nem a última pessoa a enfrentar algo semelhante e que os partos são uma das poucas emergências médicas que normalmente sempre terminam bem.

1. Peça ajuda!
Entre em contato com os serviços de emergência para que eles possam chegar o mais rápido possível. Embora o parto ocorra naturalmente, tanto mãe quanto recém-nascido precisarão de cuidados médicos imediatos. Além disso, sempre pode ser útil ter um profissional no telefone para resolver possíveis dúvidas. No Brasil use o número 190.
2. Encontre traquilidade para você e para a futura mãe!
Tão importante quanto você estar relaxado, é a mulher grávida também encontrar calma e a máxima tranquilidade possível. Uma vez que o ônibus esteja parado, é importante que o restante dos passageiros saia do veículo para evitar stress e pessoas curiosas.
3. A preparação é essencial!
Ajude a mulher a encontrar o local mais limpo e confortável possível, lembre-se que a posição mais confortável para o parto nem sempre é deitada. Controle o tempo decorrido entre as contrações e ajude a parturiente a reservar suas forças e energia para que ela possa empurrar no momento certo.
4. Chegou a hora!
Uma vez que o bebê começa a sair, é importante colocar a mão na parte inferior da cabeça da criança, para dar suporte. No caso de o cordão umbilical estar enrolado no pescoço, você só precisa liberá-lo com um dedo. Uma vez que o bebê está completamente fora, é importante limpar o nariz e boca para que ele possa começar a respirar e, logo em seguida, colocá-lo rapidamente no colo da mãe.

Sabemos que um ônibus é certamente um dos últimos lugares onde qualquer mulher gostaria de dar à luz. A boa notícia? Esses eventos extraordinários às vezes acontecem. Para a mulher que teve seu parto no ônibus da ALSA, agora ela e sua família podem viajar gratuitamente com a empresa de ônibus pelo resto da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *