O revolucionário sistema de resgate para vítimas de acidentes de ônibus

O revolucionário sistema de resgate para vítimas de acidentes de ônibusE-Rescue, o revolucionário sistema de resgate para acidentes de ônibus criado na Espanha pelo engenheiro espanhol Sergio Rico Herrero, patenteou um novo sistema para resgatar as vítimas em caso de acidente de ônibus, reduzindo em 50% mortes e danos ósseos irreversíveis. O revolucionário sistema E-rescue permite que os feridos sejam transportados em tempo record para a maca sem trazer maiores sofrimentos.

O E-Rescue é o resultado de uma longa pesquisa realizada ao longo de 10 anos pelo engenheiro industrial Sergio Rico, em colaboração com especialistas de engenharia e design. Sua experiência anterior como treinador de emergência certamente ajudou a identificar os obstáculos para a retirada das vítimas dos acidentes de ônibus prejudicando uma rápida evacuação, fato crucial na maioria dos casos.

Como funciona o E-Rescue?

Trata-se de um sistema integrado nos assentos de ônibus que permite que os profissionais de saúde possam imobilizar o passageiro diretamente e remover completamente o assento para que a vítuma seja transportada para a maca da forma mais segura e rápida possível. O sistema pode ser instalado tanto nos ônibus já em circulação quanto nos veículos novos. Ele inclui um sistema de ancoragem que permite separar a base do assento e um cintopermitindo a imobilização correta do passageiro.

O segredo: vantagens sobre o sistema de resgate atual

Para definir as vantagens do E-Resgate sobre o sistema de resgate atual, realizou-se um grande teste financiado pela Comissão Europeia para a inovação. Durante a simulação, os testes foram realizados sempre com os ônibus da empresa ALSA e utilizando as mesmas equipes de resgate. Com o sistema tradicional de resgate e “condições idealizadas” (todos os equipamentos de salvamento disponíveis), o tempo necessário para evacuar todos os passageiros foi de 1 hora e 20 minutos. No caso do sistema E-Rescue, embora a equipe nunca o tivesse utilizado, o tempo foi reduzido para apenas 30 minutos. Após o sucesso dos primeiros testes e treinamentos, e do apoio de diferentes instituições de transporte de passageiros e associações de vítimas de acidentes e lesões na coluna vertebral na Espanha, espera-se que o sistema E-Rescue começe a ser instalado nos veículos o mais rápido possível. Vamos ficar de olho e acompanhar quando esse inovador sistema poderá ser utilizado no Brasil para salvar mais vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *