Dicas para viajar pelo mundo sem sair do Brasil

8 dicas para ver o mundo dentro do Brasil Você adora viajar e deseja conhecer o mundo, mas por algum motivo isso ainda não foi possível? Já pendurou na parede um mapa e espetou com alfinetes os países que estão na sua lista de preferências mas ainda não conseguiu juntar a grana necessária para essa viagem? Não se preocupe. Nós preparamos algumas dicas de viagem que fará você se sentir no estrangeiro, mas você não irá precisar tirar seu passaporte da gaveta. Você realmente irá vivenciar diferentes culturas nesses lugares, sem precisar sair do Brasil. Com estas dicas, você poderá fazer um mochilão pelo país e se sentir como um turista no exterior.

Dica 1: a pequena Finlândia no Brasil

Dica 1: a pequena Finlândia no Brasil

Tervetuloa! Assim os finlandeses dizem bem vindos! Se você entendeu isso, então você está preparado para desembarcar em Penedo. A cidade é a principal colônia finlandesa no Brasil e mostra isso na sua marcante na arquitetura de residências e edifícios comerciais, bem como na cultura local. Suas tranquilas pousadas, clima ainda ameno, generosa fauna e topografia fazem de Penedo um oásis em meio ao crescimento e ocupação da região.
Estação mais próxima: Penedo

Dica 2: as tulipas te esperam em Holambra

Dica 2: as tulipas te esperam em Holambra

Pertinho de Campinas, a cidade de Holambra é famosa por sediar a maior exposição de flores da América Latina: a Expoflora. Seu nome, junção de Holanda com Brasil, se dá em virtude da colônia holandesa que se firmou na antiga fazenda Ribeirão. A cidade destaca-se por ter o 61° índice de qualidade de vida do Brasil e por ter o melhor índice de segurança do país! Chegando na cidade de Campinas você poderá se deslocar facilmente com ônibus locais até Holambra.
Estação mais próxima: Campinas

Dica 3: a Alemanha nos estados do sul do Brasil

Dica 3: a Alemanha nos estados do sul do Brasil

O estados do sul do Brasil já são mais que conhecidos por sua forte colonização alemã. Aqui a escolha é vasta. Cidades como Blumenau, Joinvile e Brusque, além de possuírem em seus centros a caracterísca arquitetura alemã, também acolhem seus visitantes com o clima frio e a paisagem tipicamente européia. As serras gaúchas e a famosa Oktoberfest confirmam essa realidade. Em Pomerode você poderá até aprender um pouco de alemão nas ruas, já que muitos dos antigos moradores locais falam somente a língua materna.
Estação mais próxima: Blumenau

Dica 4: a Espanha fica logo ali!

Dica 4: a Espanha fica logo ali!
Você pode não acreditar mas em Sorocaba, uma pequena cidade do interior de São Paulo, você vai se sentir na Espanha. Nessa cidade, a imigração espanhola foi tão grande que o principal time de futebol local se chama Clube Atlético Barcelona! Você pode tomar um delicioso sorvete enquanto vê o movimento dos pedrestes na Praça dos Espanhóis.
Estação mais próxima: Sorocaba

Dica 5: a bela Itália

Tip 5: a bela Itália

Garibaldi, Caxias do Sul e Bento Gonçalvez. Nestas três cidades os italianos chegaram por volta de 1877 e transformaram a região em uma das maiores colônias de imigrantes italianos do Brasil. A maioria deles tornaram-se pequenos produtores e, por isso mesmo, você pode preparar seu estômago para degustar produtos frescos e pasta da melhor qualidade. A cidade de São Paulo é outro ponto de fixação dos italianos e bairros como Bexiga e Brás tornaram famosos graças à essa cultura. Nós só temos a agradecer: viva o macarrão aos domingos!
Estação mais próxima: Garibaldi

Dica 6: a Polônia e a Ucrânia em Curitiba

Dica 6: a Polônia e a Ucrânia em Curitiba

A capital paranaense não recebeu somente descentes da Alemanha, mas também povos poloneses e ucranianos. A cidade adotou essa culturas tão fortemente que muitos acreditam que Curitiba é um local completamente distindo e se auto denominam República de Curitiba. Além de atrações como o Jardim Botânico, a Ópera de Arame e o Museu Oscar Niemayer, a cidade homenageou o Papa João Paulo II no Parque do Papa. Da Ucrânia, você saboreia um delicioso bolinho chamado Piroski.
Estação mais próxima: Curitiba

Dica 7: Liberdade, o Japão dentro de São Paulo

Dica 7: Liberdade, o Japão dentro de São Paulo
A cidade de São Paulo é o encontro de todos os mundos e culturas. A efervescência cultural é tão grande que é impossível não se encontrar nessa metrópole. Sírios, libaneses, turcos, italianos, portugueses, espanhóis, todos têm lugar em São Paulo. Mas, a maior colônia é a japonesa! No bairro da Liberdade tudo se transforma e você pensa que está mesmo em outro país: a língua, a decoração, a culinária, as roupas, os mercadinhos de produtos, os karaoquês – tudo remete ao Japão. Difícil sair de lá sem provar sushis, sashimis e guiosas deliciosos!
Estação mais próxima: São Paulo

Dica 8: Portugal, nossa maior herança

Dica 8: Portugal, nossa maior herança

E tem como falar do Brasil sem falar dos nossos queridos irmãos portugueses? A história do Brasil e de Portugal é inseparável, mesmo depois de séculos. Podemos reconhecer os vestígios da Brasil colônia principalmente no Rio de Janeiro, que foi capital na época da colônia. Além dos descendentes da família real portuguesa que ainda moram no Estado, cidades como Petrópolis e Parati conservam casas e prédios coloniais, assim como ruas de paralelepípedo. Com a fachada do prédio inspirado no Mosteiro dos Jerónimos de Lisboa, o Real Gabinete Português de Leitura localizado na cidade do Rio de Janeiro, vai te impressionar!
Estação mais próxima: Rio de Janeiro

Agora é só você preparar suas malas e embarcar no ônibus mais próximo!
Compartilhe nossas dicas e divirta-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *