Expresso Gardênia usa realidade virtual para treinar motoristas de ônibus

Expresso Gardênia usa realidade virtual para treinar motoristas de ônibusA empresa de ônibus Expresso Gardênia acaba de agregar uma nova ferramenta tecnológica à sua gama de instrumentos utilizados para oferecer uma viagem segura ao passageiro . Pode até parecer coisa de filme, mas a realidade virtual tem desempenhado um importante papel no treinamento dos seus motoristas da empresa. A partir de agora, todos os motoristas realizam seus treinamentos por meio de óculos de realidade virtual que os transportam para uma simulação da realidade e facilitam um maior entendimento e compreensão das informações passadas.

Tudo teve início porque era complicado concicliar os horários dos quatros instrutores de treinamento com os 500 motoristas da empresa, explica a gestora de Recursos Humanos Luciana Ávila. Com os novos óculos, é possível estimular melhor a atenção dos motoristas do que em uma palestra convencional. Além do mais, uma outra grande vantagem dessa novidade: o treinamento através da realidade virtual pode ser utilizado em qualquer hora, de qualquer lugar e para várias pessoas simultaneamente.

De uma maneira geral, o uso deste tipo de tecnologia (apenas de maneira distinta) já está espalhada pelas áreas de marketing, entretenimento e games, e claro em outros setores como formação médica e simulações de cirurgias, recriações históricas e geográficas, reconstruções arquitetônicas, serviços de emergência, por exemplo, a formação de paramédico, treinamentos de simulação de combate e treinamento militar ou agricultura de precisão.

realidade virtualMais especificamente, ela funciona permitindo a criação de um conteúdo imersivo, que “transporta” o usuário para dentro da cena através de uma sequência de imagens produzidas em foto 360º (estáticas) ou em vídeo 360º (movimento).  Para entrar nesse ambiente virtual, o motorista do ônibus pode utilizar óculos VR acoplado ao próprio smartphone, navegar pelo conteúdo através do site da empresa ou até mesmo através do YouTube que hoje é 100% compatível e preparado para distribuir conteúdos em VR, além de outras redes como o Facebook e Vimeo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *