Os objetos mais bizarros encontrados nas rodoviárias

Notícias
cachorro perdido

Quem já não teve a angústia de perder um documento ou uma carteira e não saber onde deixou? Pois bem, são milhares de pessoas que perdem objetos no transporte rodoviário todos os anos no Brasil. Mas o que fazer quando isso acontece?

No Terminal Rodoviário Tietê em São Paulo

É difícil acreditar mas perde-se de tudo, todos os dias no Terminal Rodoviário Tietê de São Paulo. No final, esquecidos mensalmente são recuperados por seus proprietários somente um terço dos 300 ítens. No período de férias, como nos meses de janeiro e julho, esse número dobra para cerca de 600 ítens.

cadeira de rodas

Entre os objetos perdidos, muitos são extremamente curiosos. Dentaduras, muletas, camas desmontadas, cadeiras de rodas, artigos eróticos, fogões, geladeiras e até uma urna funerária

Fique por dentroDica: Se você perdeu algum objeto dentro do ônibus, procure diretamente a empresa de ônibus com a qual você viajou.

Tudo o que chega à sala de achados e perdidos é catalogado e marcado. Os objetos encontrados ficam disponíveis no Achados e Perdidos da rodoviária por 60 dias. Após este prazo, os objetos não reclamados são encaminhados para doação e os documentos aos Correios.

Em Porto Alegre

Na rodoviária de Porto Alegre, passageiros esquecem por ano,  mais de 300 objetos.

Malas e mochilas são os principais ítens esquecidos. Mas também outros não objetos extremamente inusitados! Na lista estão uma vaca, galinhas, pássaros, gatos e cachorros. Provavelmente assim como você, nós estamos até agora nos perguntando: como é possível esquecer uma vaca no terminal rodoviário?

vaca perdida

No entanto, uma exceção foi feita a um animal abandonado rodoviária por uma família que não tinha o certificado de vacinação do animal para a viagem. Resultado: o gato vive até hoje no terminal.

Sobretudo, o departamento de Achados e Perdidos coleta ítens 24 horas por dia e oferecem seus serviços para aqueles que desejam recuperar seus ítens durante o horário comercial.

Em Campinas

Os objetos mais comuns encontrados na Rodoviária de Campinas são documentos e bagagens. Os ítens mais estranhos no departamento de Achados e Perdidos foram cadeiras de rodas, fraldas geriátricas e até mesmo um pé de jaca. Aliás, mais de 700 ítens só no último ano.

pé de jaca

A saber, segundo a Assessoria de Imprensa da Socicam que opera a rodoviária, cerca de 10% das pessoas retornam para encontrar a propriedade que perderam. Contudo, os documentos perdidos são enviados após 60 dias para a agência postal e os objetos para entidades de caridade.

Rodoviária Novo Rio

Os usuários da Rodoviária Novo Rio que perderem ou esquecerem qualquer objeto nas dependências do terminal, poderão procurar o departamento de Operações. Ao passo que depois de 30 dias, doados a entidades.

perdidos na rodoviariaAntes de mais nada, para a retirada dos objetos no terminal no Rio de Janeiro é preciso apresentar documentos legais que comprovem a propriedade dos mesmos.

Rodoviária de Belo Horizonte

Localizado na área de desembarque, o setor de Achados e Perdidos na Rodoviária de Belo Horizonte funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. Aliás vale lembrar que os objetos encontrados ficam disponíveis no setor por 07 dias.
achados no ônibusApós este prazo, os pertences são encaminhados para o prédio do Correio Central e ficam por lá por mais 30 dias e depois, doados para instituições.

Tenha uma boa viagem ! E se perder algo, muita calma e procure o departamento de Achados e Perdidos do local .

DicaDica: Encontre em nossa pesquisa as passagens mais baratas e todos os horários de ônibus para viagens no Brasil e vários países no exterior. Tudo em português.

Compartilhe este post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *